Pular para o conteúdo principal

Postagens

BREVE HISTÓRIA DA INTERPRETAÇÃO II

CENTRO DE ESTUDOS PRESBITERIANO SEMINÁRIO PRESBITERIANO FUNDAMENTALISTA DO BRASIL. DISCIPLINA: Hermenêutica Bíblica. TURMA: EAD-PATOS - PB. Prof. Rev. João França. Aula 04: BREVE HISTÓRIA DA INTERPRETAÇÃO II Introdução: No estudo anterior estivemos avaliando a história dos primórdios da interpretação das Escrituras. Vimos como o Antigo Testamento foi interpretado e também observamos os primórdios da interpretação cristã do Novo Testamento até os primeiros pais da igreja. Neste estudo iremos continuar a nossa jornada interpretativa em três importantes períodos da história da interpretação: A Idade Média; o período da Reforma Protestante e por fim, avaliaremos a interpretação atual. I – A INTERPRETAÇÃO BÍBLICA NA IDADE MÉDIA. Consideremos agora o período da Idade Média no que respeita a tarefa da interpretação bíblica. Kaiser lembra-nos que neste período “muitos membros do clero, sem falar nos leigos, eram ignorantes até mesmo sobre o que a Bíblia dizia”.[1] Neste tempo “A interpretação foi ama…
Postagens recentes

A Arte do Contentamento Cristão

O CONTENTAMENTO CRISTÃO Por Rev. Ronaldo Soares dos Santos* O puritano Jeremiah Burroughs, escreveu um tratado intitulado “A rara joia do contentamento cristão”.[1] Para ele, o contentamentocristão é um mistério difícil para o homem compreender, e somente a graça de Deus é que pode nos ensinar a combinar tristeza e alegria numa experiência comum de paz e contentamento. Para Jeremiah, contentamento é o fruto de um coração grato. O consumismo tem sido uma das marcas de nossa geração. Tudo é descartável. Hoje, determinada coisa pode ser boa para o uso até surgir à próxima inovação. O fato, é que no geral, a medida do contentamento parece que nunca encontra o seu limite. Parece que é algo que sempre está por acontecer, mas nunca acontece. Normalmente, dizemos que no dia em que tivermos este ou aquele bem, ou alcançamos esta ou aquela virtude ou graça, aí então encontramos a medida de nosso contentamento. A verdade, é que sempre haverá algo por atingir, um bem que ainda não alcançamos, uma con…